Independência : A capacidade de realizar ações e fazer declarações que refletem uma opinião ou visão própria, não bajular.
não é influenciado diretamente pela opinião das outras pessoas
tem convicções próprias
consegue resistir a pressão social
persegue seu próprio e independente caminho
toma decisões e forma opiniões com base na sua própria análise e pontos de vista
nem sempre segue os outros; ousa discordar
desvia-se das regras e procedimentos quando lhe parece necessário
nem sempre procura apoio ao tomar decisões
se atreve a discordar
nem sempre segue os outros
fica contra a rotina para mostrar que as coisas podem ser feitas de forma diferente
apresenta planos e propostas que não seguem o procedimento padrão
não é pressionado a prestar serviços que não apoia
segue os seus próprios padrões de qualidade ao prestar serviços, mesmo que outras pessoas não os valorizem
não teme resistência contra as suas opiniões e planos
Atem-se aos padrões profissionais de qualidade, mesmo que eles sejam contra a política da organização
mantém uma distância profissional adequada das partes interessadas, para formar uma opinião objetiva
forma um julgamento independente, mesmo quando colocado sob muita pressão
assume uma posição divergente com base nas suas convicções, mesmo que isso desequilibre a organização
não é influenciado por fofocas ou sentimentos quando julga as pessoas
A independência pode ser facilmente desenvolvida se o candidato tiver uma pontuação média maior (7,8,9) na categoria 'Pensamento e atuação independente' e uma pontuação menor do que a média (1,2,3) na categoria 'Necessidade de apoio'.
Descreva uma diferença de opinião com alguém que você conhece. A quais tipos de argumentos você é suscetível? E a quais você é menos suscetível?
Alguma vez você, deliberadamente, violou uma regra ou procedimento para atingir o seu objetivo? Quando foi isso e o que você fez exatamente?
Poderia dar um exemplo de uma situação em que você seguiu com seus planos enquanto as pessoas ao seu redor estavam contra ele? O que aconteceu afinal?
Alguma vez você se agarrou a uma ideia ou projeto apesar da resistência das outras pessoas? Quando foi isso e o que você fez exatamente?
Recolha informação e conhecimento suficientes, a fim de formar uma opinião sólida.
Desenvolva a sua própria opinião: leia editoriais, mas fique aberto a opiniões de outras pessoas.
Assuma mais riscos, mas permaneça consciente das suas consequências.
Pense fora da caixa.
Incentive o seu candidato a pedir feedback aos outros sobre a sua independência. Quais são seus pontos fortes e o que poderia melhorar? Converse com o seu candidato sobre os resultados.
Investigue junto com o seu candidato o que está impedindo-o de ser independente em determinadas situações. Pergunte para ele em quais situações e com quem ele já foi independente. Qual é a razão pela qual o candidato é independente em algumas situações e em outras não?
Discuta por que é importante para você ser uma pessoa independente e como você encontrou o seu próprio caminho.
Retribua, com elogios, cada situação que o seu candidato se mostre independente.
Mostre que você respeita a opinião do candidato, mesmo que seja diferente da sua. Proporcione um ambiente seguro e aberto. Discuta como é importante que os funcionários falem o que estão pensando dentro da organização.
Copyright © TMA Method 1999-2019
TMA TMA