Julgamento: A capacidade de equilibrar fatos e abordagens potenciais levando os critérios apropriados em conta.
distingue entre fatos e opiniões
aplica critérios adequados na formação dos seus julgamentos
pondera as alternativas
baseia sua visão em fatos; distingue estes fatos de opiniões
sugere soluções práticas e viáveis
pondera as prioridades certas
pondera os prós e contras
consegue avaliar as qualidades das pessoas
sustenta suas conclusões com argumentos relevantes e lógicos de diferentes pontos de vista
define critérios onde baseia a sua conclusão
entende as consequências das suas conclusões para o departamento e as outras pessoas
tem várias alternativas à sua disposição
incentiva os outros a distinguir entre os aspectos relevantes e irrelevantes de uma questão
sustenta seu julgamento com fatos e números gerais com base no desempenho da organização como um todo
analisa as consequências das suas conclusões, tanto para a organização quanto para os seus funcionários
baseia escolhas estratégicas em uma análise de risco, leva em conta as incertezas e preconceitos
leva em conta vários cenários com relação ao futuro da organização
consegue julgar novas informações pelos seus méritos e, quando necessário, define conclusões ou decisões com base nessas informações
A formação de julgamento pode ser facilmente desenvolvida se o candidato tiver uma pontuação média maior (7,8,9) nas categorias 'Tomada de decisão' e 'Pensamento e atuação independente'.
Você já foi influenciado por outras pessoas ao tomar uma decisão importante?
Poderia dar um exemplo de uma situação em que você não escutou o conselho de outra pessoa? Por que não seguiu o conselho? Foi uma decisão sábia?
Alguma vez você se arrependeu de não ter escutado a opinião de outra pessoa? Quais efeitos negativos isso teve para você?
Alguma vez você se arrependeu por ter escutado a opinião de outra pessoa? Por quê?
Poderia dar dois exemplos de boas decisões tomadas durante o ano passado? Quais alternativas foram consideradas? Por que essas decisões deram certo? Até que ponto você considerou as possíveis consequências durante o processo de tomar a decisão?
Peça feedback e faça um esforço para entender exatamente o que o outro está tentando dizer.
Esteja aberto sobre seus erros e aprenda com eles; tente praticar o que aprendeu.
Esteja aberto a novas informações e se pergunte como elas podem ser aplicadas.
Esteja aberto às ideias das outras pessoas, não tente descartá-las prontamente.
Recolha informação factual para construir a sua opinião.
Incentive o seu candidato a escrever uma lista de todas as coisas que são necessárias saber para formar um julgamento sobre um determinado assunto. Peça para ele tirar conclusões com base nesta lista e para ver o que um colega pensa sobre elas.
Peça para o seu candidato contemplar soluções e decisões que não tiveram o efeito que ele esperava. Peça para ele analisar por que isso não aconteceu e para refletir sobre essas experiências.
Incentive o seu candidato a pedir a opinião de outras pessoas quando ele estiver enfrentando um problema.
Considere um determinado assunto ou problema com o seu candidato por brainstorming. Não coloque (ainda) as sugestões dele em debate. Revejam juntos os prós e contras de cada sugestão.
Incentive o candidato a perguntar a alguém que seja conhecido pela sua capacidade de julgamento, como essa pessoa forma uma opinião.
Copyright © TMA Method 1999-2019
TMA TMA